Topo
pesquisar

Estilo punk

Sociologia

Nascido como uma forma de expressão artística contracultural, o punk exerceu grandes influências no mundo da música.
PUBLICIDADE

O estilo punk e o universo musical do Punk Rock talvez sejam uma das manifestações musicais mais carregadas de ideologias que já existiu. Dos jeans rasgados aos acordes rápidos e letras ácidas, o mundo punk tem sempre uma mensagem a ser passada sobre suas visões políticas do mundo. Ainda que tenha perdido muito sua força influente do passado, a ideologia e o estilo ainda persiste e resiste em comunidades que incorporam a luta ideológica pregada pela sua visão de mundo.

O punk teve seu início como uma forma de expressão artística de uma visão contracultural do mundo moderno. A ideia tomou forma, inicialmente, no início dos anos 70, nos Estados Unidos, com bandas formadas por jovens de classe média que rejeitavam e criticavam a mentalidade e o estilo de vida da classe que faziam parte. A palavra “punk” é uma expressão da língua inglesa que é usada para classificar um indivíduo ou grupo urbano antissocial que se desviava dos padrões normativos de conduta da época, visto como a parte inútil de uma sociedade. As ideias formadoras do que passou a ser chamado de cultura “punk” eram baseadas no pessimismo, no antiautoritarismo, na ideologia anárquica e no igualitarismo.

Embora sua origem fosse o cenário artístico e social dos Estados Unidos, a cultura punk foi apenas estabelecida como tal ao chegar na Inglaterra em meados dos anos 70, sendo absorvida e adotada pelo cenário musical que estabeleceu os fundamentos do estilo Punk através de suas músicas com pesado teor político que se relacionavam à realidade de desemprego e decadência econômica da sociedade britânica na época.

As roupas rasgadas, os penteados chamativos e os adereços pesados, como correntes, espetos, brincos, jaquetas de couro, eram usados como uma das formas de escandalizar e quebrar a norma social vigente. Também se justificavam por se tratarem de vestimentas baratas ou antigas, que incorporavam o ideal da abolição do consumismo e, ao mesmo tempo, retratava a dura realidade econômica da juventude da época. Dessa forma, o estilo Punk se consagrou com bandas como Sex pistols, The Clash, The Ramones, Velvet Underground e New York Dolls, e chegou ao Brasil no fim da década de 70.

O cenário punk no Brasil se constituiu com forma muito mais combativa do que a observada no exterior. A realidade histórica da época era a da ditadura militar, e a opressão e o autoritarismo do regime bateu de frente com os ideais de liberdade e antiautoritarismo do mundo punk. A cultura se espalhou aos poucos pelo território brasileiro, uma vez que o mercado musical não tinha interesse nessa nova forma transgressora de música e a censura ainda assombrava a mídia brasileira. Como alternativa, os festivais de música punk serviram para espalhar os ideais e os fundamentos da cultura e para estabelecer uma nova identidade para uma juventude deslocada que surgia dentro de um contexto social opressor e desigual.


Por Lucas Oliveira
Graduado em Sociologia

DEIXE SEU COMENTÁRIO
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Cursos Brasil Escola + DE 1000 OPÇÕES >> INVISTA EM SUA CARREIRA! <<
AULAS AO VIVO DO ENEM
AULAS AO VIVO DO ENEM
12x R$ 20,83

sem juros

COMPRAR
Motivação a Leitura e a Escrita
MOTIVAÇÃO A LEITURA E A ESCRITA
12x R$ 6,66

sem juros

COMPRAR
PORTUGUÊS PARA O ENEM
PORTUGUÊS PARA O ENEM
12x R$ 10,83

sem juros

COMPRAR
Conteúdos exclusivos sobre química
CURSO DE QUÍMICA
12x R$ 10,83

sem juros

COMPRAR
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
R7 Educação