Topo
pesquisar

Sociologia

Sociologia

A Sociologia é a ciência que se dedica a estudar e compreender os fenômenos sociais atrelados às nossas relações sociais.
PUBLICIDADE

O que é Sociologia? Para que ela nos serve? Você certamente já se perguntou isso em algumas das aulas sobre essa matéria ou mesmo depois de ler uma entrevista feita com um sociólogo que falava interminavelmente sobre os mais diversos e complexos assuntos, que, aparentemente, pareciam ser tão simples de serem tratados. Você me pergunta: “Então, a Sociologia é a ciência que complica tudo?” Bom... é quase isso...

A Sociologia estuda a vida social humana de grupos e sociedades. Isso quer dizer que os sociólogos ocupam-se do estudo sobre o comportamento humano em seu meio social, na tentativa de compreender os desdobramentos de nossos atos individuais ou comunitários. Como você pode imaginar, não é um trabalho simples. Na verdade, trata-se de um esforço monumental; portanto, não há caminhos simples a serem tomados.

A ideia de uma matéria que se dedicaria ao estudo das sociedades percorreu um caminho sinuoso que está diretamente conectado a vários ramos do conhecimento humano. O período entre a Revolução Francesa e as grandes mudanças que acompanharam a Revolução Industrial pavimentou o caminho para o surgimento de uma matéria que se dedicaria ao estudo das enormes mudanças que se passavam em ritmo acelerado no meio social europeu. Foi o filósofo francês Isidore Auguste Marie François Xavier Comte (1798-1857), ou simplesmente Augusto Comte, que se destacou na busca pela construção de uma área do conhecimento completamente voltada para o estudo desses novos fenômenos sociais.

Comte acreditava que as sociedades deveriam ser alvo de uma abordagem propriamente científica. Assim, uma nova área do conhecimento científico, voltada para o estudo e compreensão das leis gerais que regem o mundo social humano, deveria ser formada a partir dos princípios científicos das demais ciências da natureza. Seria por meio do método cientifico que as normas e as regras gerais dos fenômenos sociais seriam entendidas, o que nos daria o poder de intervir nos problemas sociais de forma a resolvê-los e eliminá-los de nossa convivência. Comte chamou essa nova ciência de Sociologia.

No decorrer do tempo, entretanto, os estudos sociológicos mudaram, pois, entendeu-se que nossa sociedade não possui regras fixas ou leis pétreas que regem os fenômenos sociais, o que, entretanto, não invalida os esforços iniciais de Comte. É pelo trabalho sociológico que podemos entender a complexidade de nosso mundo, ainda que sem conseguir determinar leis fundamentais. As regularidades de nosso comportamento e os aparatos sociais construídos para sustentar nossa convivência são objetos passíveis de observação e estudo, de forma que entendê-los é parte do esforço para entendermos a nós mesmos.


Por Lucas Oliveira
Graduado em Sociologia

artigos Sociologia

A fantasia das três raças brasileiras

O Termo raça caiu em desuso

A importância da análise dos determinantes econômicos, sociais e políticos para a formulação de políticas sociais e de saúde

Os determinantes sociais não estão ligados diretamente ao âmbito da saúde, mas influenciam a vida humana

A Sociedade, o Indivíduo e a Educação que Temos e Queremos

As últimas manifestações políticas no Brasil: vamos conseguir?

Alguns acontecimentos têm mobilizado a sociedade para revelar seu descontentamento através de manifestações

Censo, a contagem da população

O Censo nos dirá quantos somos, como somos, onde estamos e como vivemos

Considerações sobre cultura em Herbert Marcuse e Walter Benjamin

Herbert Marcuse e Walter Benjamin (foto) definiram e conceituaram a ideia de cultura em suas obras, de forma que é possível realizar um diálogo entre

Ctrl C Ctrl V, o plágio escolar

Cultura Brasileira: da diversidade à desigualdade

O Brasil da diversidades é o mesmo tempo, o país da desigualdade

Dia da Consciência Negra e o herói chamado Zumbi

Zumbi, líder do quilombo dos Palmares

Doze anos dos ataques às Torres Gêmeas

Osama Bin Laden, o responsável pelo ataque às Torres Gêmeas

Émile Durkheim: os tipos de solidariedade social

Émile Durkheim

Mas o que seria o SUS? Quais suas diretrizes e princípios gerais?

SUS -  Um dos maiores avanços na luta pela construção de um país mais justo e menos desigual

Movimentos sociais: breve definição

Exemplo de movimentos sociais

O advento do Neopentecostalismo no Brasil

Edir Macedo - Fundador da Igreja Universal do Reino de Deus

O descompasso entre a prática e a teoria: ideias liberais mal copiadas no Brasil entre o Império e a República

Os conservadores não queriam deixar de ser uma sociedade esvravocrata

O início das políticas públicas para a saúde no Brasil: da República Velha à Era Vargas

A preocupação com a saúde estava ligada aos interesses da elite em manter o trabalhador sadio para a manutenção da produção

O papel da mulher na sociedade

A primeira mulher a assumir o cargo mais importante da República

O papel do Estado segundo Thomas Hobbes

Para Hobbes, o Estado deve regular as relações humanas

O que você vai ser quando crescer? - A questão da escolha profissional

O que você vai ser quando crescer?

O sentido da Páscoa: chocolate nosso de cada dia nos dai hoje?

O coelho e o ovo remetem à ideia de fertilidade, de nascimento
PUBLICIDADE

O sentido da Páscoa: chocolate nosso de cada dia nos dai hoje?

O coelho e o ovo remetem à ideia de fertilidade, de nascimento

Os anos 80 no Brasil: aspectos políticos e econômicos

Com a chegada de Sarney, em 1985, as políticas começaram a se tornar heterodoxas

Os sistemas produtivos: formas de atender às necessidades da vida material

Os sistemas produtivos dizem respeito à forma como as sociedades se organizam para produzir os recursos necessários à sua sobrevivência

Perestroika e Glasnost: as reformas da URSS que iniciaram uma nova ordem mundial

Mikhail Gorbachev: responsável pela implantação da Perestroika e da Glasnost na URSS

Princípios de Educação – como tratar o próximo

Prostituição Infantil: uma violência contra a criança

A prostituição infantil trata-se da exploração sexual de uma criança a qual, por vários motivos, torna-se fragilizada
PUBLICIDADE
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
R7 Educação