Topo
pesquisar

Tipos de Misturas

Química

As misturas são classificadas em homogêneas quando apresentam aspecto uniforme e em heterogêneas quando possuem mais de uma fase.
PUBLICIDADE

A grande maioria dos materiais encontrados na natureza, em nossa sociedade e em nosso corpo, não são substâncias puras, mas na verdade são misturas de duas ou mais substâncias.

Por exemplo, apesar de nos referirmos na maioria das vezes à água mineral apenas como “água”, na realidade ela não possui apenas a substância pura H2O, porque ela é o resultado de um processo no qual a água da chuva penetra no solo e passa por várias rochas. Assim, como o próprio nome indica, além de água, ela também possui vários minerais dissolvidos. Se você tiver curiosidade e conferir o rótulo de alguma água mineral, verá que ela possui em sua composição química sulfatos de estrôncio, de cálcio, de sódio, de potássio, bicarbonato de sódio, fluoreto de sódio, entre outros.

Mas como é possível diferenciar uma substância de uma mistura?

Por exemplo, a água destilada mostrada abaixo é uma substância pura que contém apenas H2O:

Água destilada em laboratório

Visualmente ela é exatamente igual a uma mistura de água e sal; porém, elas podem ser diferenciadas a partir da definição de mistura. Veja:

Misturas são materiais cujas propriedades físicas não são constantes, mas variam mesmo numa determinada temperatura e pressão.

Assim, basta medir as propriedades físicas, como os pontos de fusão e ebulição e a densidade. Caso se apresentem constantes e bem definidas, trata-se de uma substância pura (no caso da água destilada, em 4ºC, a sua densidade será de 1,0 g/cm3 e, ao nível do mar, os pontos de fusão e ebulição serão de 0ºC e 100ºC, respectivamente).

No entanto, se forem apresentadas variações, trata-se de uma mistura. Se aquecer a mistura de água com sal para verificar o ponto de ebulição, verá que durante a mudança do estado líquido para o gasoso a temperatura não irá permanecer constante, como acontece com a água destilada, que se mantém em 100 ºC até que todo líquido vire vapor.

Agora, existem misturas que nem é preciso determinar suas propriedades físicas para sabermos que são misturas, basta olharmos, como é o caso da mostrada abaixo, de água com óleo:

Mistura de água e óleo

Isso nos indica que existem tipos diferentes de misturas, que podem ser classificadas em homogêneas e heterogêneas. Veja cada uma:

1. Misturas Homogêneas: São aquelas que apresentam um aspecto uniforme, com uma única fase (monofásicas).

Exemplos: água e sal, soro fisiológico (0,9 g de cloreto de sódio em 100 mL de água), salmoura (36 g de sais como o cloreto de sódio, cloreto de magnésio, iodato de potássio, antiumectantes e 100 mL de água), álcool hidratado (etanol e água), o ar (78% de gás nitrogênio, 20% de gás oxigênio, 2% de outros gases e vapor de água), aço (liga metálica formada por 98,5% de ferro e 1, 5% de carbono).

Exemplos de misturas homogêneas: soro fisiológico, salmoura e aço

Os exemplos acima mostram que as misturas homogêneas podem estar no estado sólido, líquido ou gasoso.

Essas misturas homogêneas são chamadas de soluções e elas não podem ser separadas por métodos físicos, mas apenas por técnicas químicas. Por exemplo, para separar o álcool da água é preciso um processo de destilação, pois uma centrifugação ou filtração não serviriam.

Além disso, é importante ressaltar que elas devem ser homogêneas até mesmo ao olhar num ultramicroscópio. Por exemplo, a olho nu, o leite e o sangue podem parecer homogêneos, mas no ultramicroscópio vemos que na verdade são heterogêneos. Abaixo, temos a imagem do sangue no ultramicroscópio e as suas fases separadas depois de ter sido colocado numa ultracentrífuga:

Sangue no microscópio e depois de centrifugado

2. Misturas Heterogêneas: São aquelas que apresentam mais de uma fase.

Exemplos: água e óleo, água e areia, gelo e água, granito, água e ferro, sal não dissolvido na água.

Os componentes das misturas heterogêneas aparecem, na maioria dos casos, em estados físicos diferentes e podem ser separados por métodos físicos, um exemplo ocorre quando fazemos café e filtramos o sólido separando-o do líquido.

Mas isso não se dá sempre, como é mostrado no caso do óleo e da água que, apesar de serem ambos líquidos, não se misturam, devido às diferentes polaridades de suas moléculas.


Por Jennifer Fogaça
Graduada em Química

DEIXE SEU COMENTÁRIO
  • biaadomingo | 12/04/2015 18:18Hs
    Muito bom e me ajudou demais :)
  • RHSGJYdomingo | 10/08/2014 13:37Hs
    Muito bom, tem exercícios e é bem fácil de enterder :3
  • nayara kesiadomingo | 01/06/2014 09:58Hs
    ótimo
  • natalia lopes dos santos quinta-feira | 29/05/2014 16:03Hs
    e muito bom e otimo estas explicasoes.....
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Cursos Brasil Escola + DE 1000 OPÇÕES >> INVISTA EM SUA CARREIRA! <<
Conteúdos exclusivos de ciências para crianças.
NOÇÕES DA REFORMA ORTOGRÁFICA
12x R$ 6,66

sem juros

COMPRAR
Conteúdos exclusivos sobre redação
CURSO DE REDAÇÃO
12x R$ 10,83

sem juros

COMPRAR
CURSO DE HISTÓRIA
CURSO DE HISTÓRIA
12x R$ 10,83

sem juros

COMPRAR
Conteúdos exclusivos sobre o ENEM.
PREPARATÓRIO ENEM 2015
12x R$ 10,83

sem juros

COMPRAR
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
R7 Educação