Topo
pesquisar

Robert Boyle, o químico alquimista

Química

Robert Boyle nasceu em 1627, na Irlanda, e faleceu em 1691, em Londres. Boyle estudou os gases com afinco e é considerado um dos fundadores da Química.
PUBLICIDADE

Robert Boyle nasceu no ano de 1627, em um castelo longínquo em Lismone Castle, no sudoeste da Irlanda. Ele foi o décimo quarto filho de um idoso conde, que era o homem mais rico da Irlanda, por isso sua educação foi bastante sofisticada e também proporcionou que ele viajasse por toda a Europa. Essas viagens fizeram com que Boyle se familiarizasse com os pensamentos dos cientistas da época, como os ensinamentos de Galileu Galilei.

Assim, ele foi para a Inglaterra, onde havia recebido algumas propriedades de seu pai. Mesmo com treze irmãos, o dinheiro que Boyle recebia de seu pai lhe permitia se dedicar tranquilamente aos estudos científicos. Anualmente ele recebia 3 000 libras em dinheiro do século XVII, o que equivale hoje a cerca de 8 milhões de reais por ano. Com certeza era uma quantia muito boa!

Ter ido para a Inglaterra também foi muito bom para Boyle em ainda outro aspecto, pois o clima lá era de mudança. A alquimia estava sendo deixada para trás e Francis Bacon havia proposto um novo método de pensar o mundo, que era baseado na experimentação, não somente na argumentação filosófica, como era feito antes.

Boyle era assim em seus estudos, ele foi inclusive diferenciado de seus antecessores porque se apegou firmemente ao método científico. Ele ficou conhecido como o primeiro cientista a manter anotações detalhadas dos resultados que obtia em seu laboratório. Ele se preocupava não só com o aspecto qualitativo, mas também quantitativo, sendo que anotava passo a passo os experimentos que realizava, comparava os resultados e tecia hipóteses.

É por isso que muitos estudiosos consideram que a Química não surgiu da alquimia, mas sim de um movimento diferenciado, que começou a partir do século XVII, com a figura central de Robert Boyle e seus estudos de base mecanicista, negando qualquer explicação mágica para os fenômenos naturais. Desse modo, ele é considerado um dos fundadores da Química.

O seu principal objeto de estudo foram os gases, os quais ele realmente estudou com afinco. Em sua obra mais famosa, o livro The Sceptical Chymist (O Químico Cético), publicado no ano de 1661, Boyle mudou a interpretação da Química de seu tempo, pois além de criticar as concepções dos alquimistas e seus ensinos sobre as transmutações dos metais, ele também explanou sobre o conceito de elemento. Inclusive o prefixo alchemy (alquimia) foi eliminado por Boyle e daí em diante esse campo de estudo passou a ser denominado Química, pois passou a ter uma madureza de ciência realmente, com um discurso cada vez mais concreto e quantitativo.

Ilustração do livro “O Químico Cético” (1661), de Robert Boyle

No entanto, um aspecto contrastante é que Boyle, ainda assim, dedicou boa parte de seu tempo ao estudo da alquimia, embora se apoiando em uma justificativa teórico-científica, pois a considerava com os olhos mais quantitativos do que os alquimistas do passado.

Outra obra importante de Robert Boyle foi a segunda edição de New Experiments (Novos Experimentos), na qual ele relatou sua experiência com a bomba de vácuo e a lei que ficou conhecida como Lei de Boyle, que está enunciada abaixo:

Enunciado da Lei de Boyle

Matematicamente, essa lei é expressa pela seguinte fórmula:

Fórmula matemática da Lei de Boyle

Além disso, em 1664, em seu livro Experiments and Considerations touching Colours (Experiências e Considerações a Respeito das Cores), ele realizou a primeira descrição dos indicadores químicos.

Boyle foi também o fundador da Sociedade Real de Ciências da Inglaterra (Royal Society). Na realidade, tudo começou quando, na Inglaterra, ele começou a se associar a outros intelectuais britânicos e fundou, então, uma sociedade secreta destinada ao avanço da nova ciência experimental, que ficou sendo chamada de Colégio Invisível. Porém, em 1663, eles receberam apoio do rei Carlos II e, dessa forma, passou a ser a Royal Society, que é até hoje uma das mais prestigiosas organizações científicas do mundo.

Robert Boyle morreu aos 64 anos, no ano de 1691, em Londres. Mas mesmo depois de sua morte, foi lançado um livro póstumo seu em 1692, denominado História Geral do Ar, e até os nossos dias seus estudos fornecem a base para várias pesquisas científicas.


Por Jennifer Fogaça
Graduada em Química

DEIXE SEU COMENTÁRIO
  • andré costadomingo | 27/07/2014 16:01Hs
    gostei de td assunto
  • lucianadomingo | 30/06/2013 12:39Hs
    adorei! bem esplicado!
  • tainaquinta-feira | 09/05/2013 17:37Hs
    muito bom saber dos elementos atomicos
  • Ana Carolinesexta-feira | 06/01/2012 21:15Hs
    Gostei muito do texto , pequeno , mas muito completo
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Cursos Brasil Escola + DE 1000 OPÇÕES >> INVISTA EM SUA CARREIRA! <<
AULAS AO VIVO DO ENEM
AULAS AO VIVO DO ENEM
12x R$ 20,83

sem juros

COMPRAR
Motivação a Leitura e a Escrita
MOTIVAÇÃO A LEITURA E A ESCRITA
12x R$ 6,66

sem juros

COMPRAR
PORTUGUÊS PARA O ENEM
PORTUGUÊS PARA O ENEM
12x R$ 10,83

sem juros

COMPRAR
Conteúdos exclusivos sobre química
CURSO DE QUÍMICA
12x R$ 10,83

sem juros

COMPRAR
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
R7 Educação