Topo
pesquisar

Desidratação Intramolecular dos Álcoois

Química

A reação de desidratação intramolecular dos álcoois envolve a perda de água proveniente de dentro da própria molécula do álcool na presença de um catalisador.
PUBLICIDADE

As reações orgânicas de eliminação são aquelas em que átomos ou grupos de átomos de uma molécula são retirados ou eliminados dela, criando-se um novo composto orgânico, além de um composto inorgânico que é formado pela parte que foi eliminada.

Um tipo de reação de eliminação é a desidratação, na qual a molécula que se perde é a da água. A desidratação dos álcoois (compostos que possuem o grupo OH ligado a um carbono saturado numa cadeia aberta) pode se dar de duas formas: intramolecular e intermolecular.

“Intra” significa “dentro”, portanto, a desidratação intramolecular dos álcoois ocorre quando há a saída de uma molécula de água de “dentro” da própria molécula de álcool. Nesse caso, o produto orgânico formado será um alceno.

Essa reação se processa apenas na presença de um catalisador que atua como desidratante, sendo que na maioria das vezes é o ácido sulfúrico concentrado (H2SO4) e a temperatura deve estar em torno de 170ºC.

Exemplo:

Reação de desidratação intramolecular do propano-1-ol

Observe que saiu o grupo OH e no carbono vizinho saiu o hidrogênio, originando a água. Além disso, criou-se a ligação dupla que originou o alceno.

A facilidade para sofrer desidratação segue a seguinte ordem decrescente:

Álcoois terciários > Álcoois secundários > Álcoois primários

Mas, e quando o grupo OH vem no meio da cadeia carbônica? O átomo de hidrogênio de qual átomo de carbono vizinho será liberado e formará a molécula de água?

Por exemplo, a seguir, temos o 2-metilpentan-3-ol. Observe que um átomo de carbono vizinho é terciário (destacado em vermelho), enquanto que o outro é secundário (destacado em azul):

           H   OH   H
           │    │     │
H3C─ C ─ C ─ C ─ CH3              
           │    │      │                                
           H    H    CH3                            

O hidrogênio ligado ao átomo de carbono terciário terá maior facilidade para sair, porque o seu caráter eletronegativo é igual a δ+1, assim, quanto menos negativo estiver o caráter do carbono, mais fraca será a ligação entre eles e mais fácil será para romper sua ligação.

Em casos como esse, todos os compostos possíveis são formados, porém, a predominância será dada pela ordem: Álcoois terciários > Álcoois secundários > Álcoois primários.

Assim, temos:

Reação de desidratação intramolecular do 2-metilpentan-3-ol

Esse tipo de reação obedece à regra de Saytzef, que diz que haverá maior tendência do hidrogênio sair do carbono menos hidrogenado. Essa regra é exatamente o contrário da Regra de Markovnikov usada para reações de adição.

Para complementar seus conhecimentos nesse assunto, leia também o texto “Desidratação Intermolecular dos Álcoois”.


Por Jennifer Fogaça
Graduada em Química

DEIXE SEU COMENTÁRIO
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Cursos Brasil Escola + DE 1000 OPÇÕES >> INVISTA EM SUA CARREIRA! <<
Conteúdos exclusivos de biologia
CURSO DE BIOLOGIA
12x R$ 10,83

sem juros

COMPRAR
Conteúdos exclusivos de italiano
CURSO DE ITALIANO
12x R$ 6,66

sem juros

COMPRAR
CURSO DE MATEMÁTICA
CURSO DE MATEMÁTICA
12x R$ 10,83

sem juros

COMPRAR
Conteúdos exclusivos sobre o ENEM.
PREPARATÓRIO ENEM 2015
12x R$ 10,83

sem juros

COMPRAR
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
R7 Educação