Topo
pesquisar

Como é eleito o presidente nos Estados Unidos

Política

A eleição presidencial dos Estados Unidos gera muitas expectativas nos norte-americanos e em outros países, preocupações que normalmente resultam em variações bruscas nas bolsas de valores da maioria das nações, pois, dependendo de quem é eleito presidente, a economia mundial pode melhorar ou piorar, já que os Estados Unidos, como grande potência, influenciam na economia de muitos países.

Como ocorre o processo eleitoral?

O processo eleitoral norte-americano é um pouco mais complexo do que o brasileiro. Todo político que tem intenção de tornar-se presidente primeiramente organiza um comitê exploratório antes das eleições, cuja finalidade é testar suas chances e arrecadar fundos para sua campanha. Após tais realizações, ele deve declarar formalmente sua candidatura à indicação de seu partido. Geralmente, há muitos candidatos que disputam a indicação partidária para concorrer à Presidência, sendo o Partido Republicano e o Democrata os principais quando se fala em política norte-americana.

As chamadas eleições primárias, que é a disputa entre candidatos de um mesmo partido, costumam ocorrer entre os meses de janeiro e junho. Eleitores em cada um dos Estados norte-americanos elegem os delegados partidários, alguns deles preferem escolher seus delegados através de uma prévia (sistema de reuniões políticas). Muitos candidatos tornam-se praticamente imbatíveis após vencer um número significativo de primárias, não necessitando do resultado das disputas nos últimos Estados. As convenções partidárias nacionais, realizadas um pouco antes da eleição presidencial, são usadas para indicar formalmente o candidato escolhido pelo partido para concorrer à Presidência. São os delegados partidários que escolhem os indicados durante as primárias e será o candidato que disputará a eleição que irá escolher o vice para sua chapa.

A eleição presidencial ocorre sempre na primeira terça-feira de novembro do ano eletivo. Ao contrário do Brasil, os eleitores não participam de uma eleição direta, eles são responsáveis pela escolha dos “eleitores” que formam um Colégio Eleitoral. O número de “eleitores” por Estado é determinado pelo tamanho de sua população. Na maioria dos Estados, o vencedor do voto popular leva todos os votos do Colégio Eleitoral daquele Estado. Deviso a esse sistema, um candidato pode vencer sem ter o maior número de votos populares em âmbito nacional.

Por Eliene Percília

DEIXE SEU COMENTÁRIO
  • moises teodorosegunda-feira | 27/12/2010 23:00Hs
    No meu ponto de vista todo cidadao que almeja ocupar um cargo publico deveria ser submetido a um teste de capacitaçao seja qual for o setor e tambem de conhecimento de gestao empresarial dependendo do cargo que fosse ocupar; Talvez com medidas tao simples se levadas a serio o que nao e muito comum nesse pais, pessoas de pouco conhecimento nao estariam votando em analfabeto e dizendo que e para se vingar daqueles politicos que nada faz pelo pais.Vingança? Talvez sim. Mas contra aqueles que estao trabalhando,produzindo,gerando divisas para o pais, e assim pagando a conta daqueles que com um gesto irresponsavel o elegel.
  • JULIO CESAR DA SILVA ARAUJOsegunda-feira | 06/10/2008 09:03Hs
    ISSO SIM É A VERDADEIRA DEMOCRACIA.
  • Maria Isabel Guilhemdomingo | 17/02/2008 17:30Hs
    Eu acho que seria legal falar das diferen
  • Pauloterça-feira | 12/02/2008 19:54Hs
    N
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Cursos Brasil Escola + DE 1000 OPÇÕES >> INVISTA EM SUA CARREIRA! <<
Conteúdos exclusivos da português infantil.
CURSO DE PORTUGUÊS INFANTIL
12x R$ 10,83

sem juros

COMPRAR
Conteúdos exclusivos sobre a reforma ortográfica.
NOÇÕES DA REFORMA ORTOGRÁFICA
12x R$ 6,66

sem juros

COMPRAR
Conteúdos exclusivos de inglês para crianças.
CURSO DE INGLÊS INFANTIL
12x R$ 6,66

sem juros

COMPRAR
Conteúdos exclusivos sobre o ENEM.
PREPARATÓRIO ENEM 2015
12x R$ 10,83

sem juros

COMPRAR
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
R7 Educação