Topo
pesquisar

Progressões

Matemática

Muito aplicadas na Geometria e na Matemática Financeira, as progressões começaram a ser estudadas por volta de XVII a.C., segundo alguns relatos.
PUBLICIDADE

Existem relatos do uso de progressões no papiro de Ahmés (século XVII a.C.), os Pitagóricos também deram a sua contribuição através dos estudos do som, eles concluíram que a vibração das cordas produzia uma frequência que formava uma sequência numérica. Matemáticos como Euclides de Alexandria (século III a.C.), Diofanto (século III d.C.) e o hindu Aryabhata (499 d.C.) estabeleceram em seus trabalhos regras relacionadas às progressões.

As sequências numéricas criadas por Fibonacci davam continuidade aos estudos e de alguma forma as progressões estavam presentes em diversas pesquisas. Gauss (1777 – 1855) foi um dos maiores gênios da Matemática, chegou a ser chamado de príncipe da Matemática, contribuindo de vez para a introdução dos cálculos sobre progressões.

As progressões representam uma importante ferramenta, pois sua aplicabilidade se encontra em situações relacionadas à Matemática Financeira. Os juros simples podem ser relacionados às progressões aritméticas e os juros compostos estão diretamente ligados às progressões geométricas.

Os estudos relacionados às progressões são fundamentados nas sequências lógicas finitas ou infinitas e podem ser encontrados nas funções exponenciais e na Geometria.
 

Por Marcos Noé
Graduado em Matemática
Equipe Brasil Escola

artigos Progressões

Interpolação de Meios Aritméticos

Interpolação de meios geométricos

Praticando as progressões

PUBLICIDADE

Soma dos Termos de uma PG Infinita

PUBLICIDADE
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
R7 Educação