Topo
pesquisar

O poema – características específicas

Literatura

O poema traduz-se como um gênero textual norteado por características específicas, cuja finalidade discursiva se pauta pelo despertar de sentimentos, pelo provocar de emoções.
PUBLICIDADE

Muitas são as vezes em que algumas pessoas se veem questionando acerca do que seja o poema, acerca do que seja a poesia, se realmente poesia é sinônimo de poema, enfim, questionamentos com esses tendem a se fazer presentes em determinados momentos do cotidiano, sem dúvida. Contudo, torna-se prazeroso para nós, que sempre buscamos levar até você o conhecimento necessário, afirmar que ambos os vocábulos não se afirmam enquanto sinônimos, haja vista que poesia é estado de alma, ou seja, podemos encontrar resquícios de poesia em toda comunicação cujo sentido pode ser interpretado de múltiplas formas. Traduzindo em outras palavras, a poesia se constitui de uma intenção definida: a de emocionar, despertar sentimentos por parte do interlocutor, enfim.

Partindo então de tais prerrogativas, nada que nos impeça de analisarmos um pouco mais a fundo as palavras de dois grandes mestres da literatura: Carlos Drummond de Andrade e Mário Quintana. Eis, portanto, alguns fragmentos:

[...]

Convive com teus poemas, antes de escrevê-los.
Tem paciência, se obscuros. Calma, se te provocam.
Espera que cada um se realize e consume
com seu poder de palavra
e seu poder de silêncio.

[...]

Carlos Drummond de Andrade

Há versos nessa criação que parecem traduzir todo o conceito, todos os pressupostos que se aplicam a essa questão, materializados por:

Tem paciência, se obscuros. Calma, se te provocam.
Espera que cada um se realize e consume
com seu poder de palavra

O poder de palavra... Eis aí a síntese do que pode ser aplicado ao conceito de poema, haja vista que ele se constrói realmente com palavras, mas não com aquelas palavras ditas com precisão absoluta, proferidas de modo objetivo, como ocorre num texto informativo, por exemplo. Elas, ao contrário desse aspecto, fazem com que nos sintamos enlevados, envolvidos na magia do fazer literário, que nos sintamos à vontade para dar a elas o sentido que lhes couber (e até aquele que não lhes couber, também). Assim, é como Mário Quintana, outro grande mestre, nos diz, logo abaixo:

Um bom poema é aquele que nos dá a impressão de que está lendo a gente... e não a gente a ele!

Mário Quintana

Sim, o clima de magia que nos envolve ao lermos um poema é transcendental, envolvente, que parece que a situação se inverte de verdade, assim como nos afirma o poeta.

Pois bem, estimado(a) usuário(a), compete-nos a lhe afirmar que não somente de pretensões, objetivos específicos, ora conduzidos à transmissão de sentimentos que sobrevive o poema. Ele sim, associando a tais habilidades, constrói-se com base em critérios considerados formais, estéticos, tais como a sonoridade, o ritmo, os recursos musicais e o emprego, sobretudo, de recursos estilísticos próprios da linguagem poética, assim com podemos observar no exemplo a seguir, cuja autoria é de Vinícius de Moraes:

Soneto de fidelidade

De tudo, ao meu amor serei atento
Antes, e com tal zelo, e sempre, e tanto
Que mesmo em face do maior encanto
Dele se encante mais meu pensamento

Quero vivê-lo em cada vão momento
E em seu louvor hei de espalhar meu canto
E rir meu riso e derramar meu pranto
Ao seu pesar ou seu contentamento

E assim quando mais tarde me procure
Quem sabe a morte, angústia de quem vive
Quem sabe a solidão, fim de quem ama

Eu possa me dizer do amor (que tive):
Que não seja imortal, posto que é chama
Mas que seja infinito enquanto dure

Vinícius de Moraes

Constatamos que, em termos de estética, trata-se de um soneto, uma forma composicional constituída de duas estrofes com quatro versos e mais duas, com três versos. Outro aspecto que também se manifesta diz respeito à questão das rimas, as quais conferem à modalidade um ritmo todo especial.


Por Vânia Duarte
​Graduada em Letras

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

DUARTE, Vânia Maria Do Nascimento. "O poema – características específicas"; Brasil Escola. Disponível em <http://www.brasilescola.com/literatura/o-poema-caracteristicas-especificas.htm>. Acesso em 01 de novembro de 2015.

DEIXE SEU COMENTÁRIO
  • samily silvaquarta-feira | 13/08/2014 20:19Hs
    eu amei isso
  • MANOEL DO NASCIMENTO ARAUJOterça-feira | 27/05/2014 18:33Hs
    é emosão de cada viver a vida com ela é para bens
  • Van Silvaquinta-feira | 20/03/2014 22:00Hs
    obrigada ,me ajudou bastante.e parabéns
  • julia cristina gomessegunda-feira | 10/02/2014 09:13Hs
    e otimo esse texto parabens para quem fez ele !!!
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Cursos Brasil Escola + DE 1000 OPÇÕES >> INVISTA EM SUA CARREIRA! <<
Conteúdos exclusivos sobre geografia infantil
GEOGRAFIA INFANTIL
12x R$ 10,83

sem juros

COMPRAR
AULAS AO VIVO DO ENEM
AULAS AO VIVO DO ENEM
12x R$ 20,83

sem juros

COMPRAR
Motivação a Leitura e a Escrita
CURSO DE FRANCÊS
12x R$ 6,66

sem juros

COMPRAR
PREPARATÓRIO PARA O ENEM
PREPARATÓRIO ENEM 2015
12x R$ 10,83

sem juros

COMPRAR
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
R7 Educação