Topo
pesquisar

Grécia: Período Clássico

História Geral

O período clássico grego é marcado pela ascensão das cidades-Estado e o desenvolvimento de grandes conflitos.
PUBLICIDADE

Compreendido entre os séculos V e IV a.C., o período clássico é entendido como uma das fases mais significativas da história grega para a civilização ocidental. Nesta época temos a existência de várias cidades-Estado, entre as quais damos especial destaque à Esparta, Atenas e Tessália. Essas cidades ganhavam esse nome, cidade-estado, pois cada uma delas tinha autonomia política para criar sua própria forma de governo.

Sob o ponto de vista econômico, temos a intensificação do artesanato e das atividades comerciais gerando a conquista de outras áreas para além da Península Balcânica e a demanda cada vez maior por mão de obra. Não por acaso, foi nesse contexto em que a escravidão se tornou uma atividade recorrente entre vários povos gregos, que conquistavam tal forma de trabalho através de guerras ou através da cobrança de dívidas pessoais.

Durante o período clássico, notamos que as cidades gregas tomaram grande importância na organização do espaço público. Era nesse espaço em que, especificamente, as negociações aconteciam, os filósofos se encontravam com o interesse de debaterem as suas ideias e as questões políticas eram debatidas entre os cidadãos. Mesmo tendo um sentido diferente do atual, foi entre os gregos que a noção de democracia foi inicialmente formulada.

Dois grandes conflitos marcaram o período clássico grego. O primeiro aconteceu no embate dos gregos contra os persas, marcando as chamadas Guerras Médicas. Esse confronto teve grande importância para que várias cidades-Estado aprimorassem seus aparatos de guerra e, em nível político, organizassem alianças políticas interessadas em evitar outras possíveis invasões estrangeiras no mundo grego.

O outro grande conflito a ser destacado, ao contrário das Guerras Médicas, envolveram as disputas políticas desenvolvidas entre as próprias cidades-Estado. Tendo como principais protagonistas as cidades de Atenas, Esparta e Tebas, a Guerra do Peloponeso acabou trazendo graves prejuízos à Grécia. O desgaste do conflitou acabou favorecendo a invasão provocada pelos macedônios, fato esse que encerra o período clássico grego.


Por Rainer Gonçalves Sousa
Colaborador Brasil Escola
Graduado em História pela Universidade Federal de Goiás - UFG
Mestre em História pela Universidade Federal de Goiás - UFG

DEIXE SEU COMENTÁRIO
  • palomaquarta-feira | 14/01/2015 11:03Hs
    adorei,muito completo
  • marilia juliete lopesterça-feira | 22/04/2014 17:38Hs
    adorei este texto è muito exclarecedor
  • vanderleia pereiraquinta-feira | 11/10/2012 08:25Hs
    adoro seus textos muito exclarecedor
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Cursos Brasil Escola + DE 1000 OPÇÕES >> INVISTA EM SUA CARREIRA! <<
Conteúdos exclusivos de ciências para crianças.
NOÇÕES DA REFORMA ORTOGRÁFICA
12x R$ 6,66

sem juros

COMPRAR
Conteúdos exclusivos sobre redação
CURSO DE REDAÇÃO
12x R$ 10,83

sem juros

COMPRAR
CURSO DE HISTÓRIA
CURSO DE HISTÓRIA
12x R$ 10,83

sem juros

COMPRAR
Conteúdos exclusivos sobre o ENEM.
PREPARATÓRIO ENEM 2015
12x R$ 10,83

sem juros

COMPRAR
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
R7 Educação