Topo
pesquisar

Artigo

Gramática

O artigo pertence às dez classes gramaticais e sua função é a de antepor o substantivo, determinando-o ou indeterminando-o.

O artigo integra as dez classes gramaticais que conhecemos, definindo-se  como o termo que antepõe o substantivo para determiná-lo ou indeterminá-lo, indicando, também, o gênero (masculino/feminino) e o número (singular/plural).

Partindo desse pressuposto, passaremos a conhecê-lo melhor, com vistas a interagir com os principais pontos que o demarcam, bem como com as situações linguísticas nas quais ele se encontra presente. Assim sendo, tendo em vista determinadas características, torna-se essencial sabermos que os artigos se subdividem em definidos e indefinidos. Vejamo-los, portanto:

Artigos definidos – São aqueles usados para indicar seres determinados, expressos de forma individual, ora representados por: o, a, os, as. Tornando prática a presente afirmação, constatemos os exemplos:

A funcionária se veste muito bem. As funcionárias se vestem muito bem.
O diretor parabenizou a todos. Os diretores parabenizaram a todos.

Artigos indefinidos – São aqueles usados para indicar seres de modo vago, impreciso, ora representados por um, uma, uns, umas. Assim, verifiquemos os exemplos:

Uma aluna se sobressaiu entre as demais. Umas alunas se sobressaíram entre as demais.

Um participante entregou os prêmios aos vencedores. Uns participantes entregaram os prêmios aos vencedores.

Uma vez elucidadas tais características, constatemos as circunstâncias em que os artigos se manifestam:

* Considera-se obrigatório o uso do artigo depois do numeral “ambos”:

Ambos os garotos decidiram participar das olimpíadas.

* Nomes próprios indicativos de lugar admitem o uso do artigo, outros não:

São Paulo, O Rio de Janeiro, Veneza, A Bahia...

* Quando indicado no singular, o artigo definido pode indicar toda uma espécie:

O trabalho dignifica o homem.

* No caso de nomes próprios personativos, denotando a ideia de familiaridade ou afetividade, é facultativo o uso do artigo:

Cristina é a mais extrovertida das irmãs.
O Pedro é o xodó da família.

* No caso de os nomes próprios personativos estarem no plural, são determinados pelo uso do artigo:

Os Maias, os Incas, Os Astecas...

* Usa-se o artigo depois do pronome indefinido todo (a) para conferir uma ideia de totalidade. Sem o uso dele (o artigo), o pronome assume a noção de qualquer.

Toda a classe parabenizou o professor. (a sala toda)
Toda classe possui alunos interessados e desinteressados. (qualquer classe)

* Antes de pronomes possessivos, o uso do artigo é facultativo:

Adoro o meu vestido longo. Adoro meu vestido longo.

* A utilização do artigo indefinido pode indicar uma ideia de aproximação numérica:

O máximo que ele deve ter é uns vinte anos.

* O artigo também é usado para substantivar palavras oriundas de outras classes gramaticais:

Não sei o porquê de tudo isso.


Por Vânia Duarte
Graduada em Letras

DEIXE SEU COMENTÁRIO
  • Danielasegunda-feira | 09/02/2015 14:06Hs
    Muito bom, texto completo me ajudou em um trabalho da escola. Gostei muito, super recomento ;)
    • samuelterça-feira | 24/03/2015 15:41Hs
      ele me ajudou tambem e tirei 9,45
      3 3
  • Larissaterça-feira | 21/10/2014 17:51Hs
    Muito bom !
  • Luis Naldosexta-feira | 17/10/2014 22:58Hs
    Gostei muito, tirou minhas duvidas.
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Cursos Brasil Escola + DE 1000 OPÇÕES >> INVISTA EM SUA CARREIRA! <<
Conteúdos exclusivos de literatura.
CURSO DE LITERATURA
12x R$ 10,83

sem juros

COMPRAR
Conteúdos exclusivos de física.
CURSO DE FÍSICA
12x R$ 10,83

sem juros

COMPRAR
Conteúdos exclusivos de matemática.
CURSO DE MATEMÁTICA
12x R$ 10,83

sem juros

COMPRAR
Conteúdos exclusivos de redação.
CURSO DE TÉCNICAS DE REDAÇÃO
12x R$ 6,66

sem juros

COMPRAR
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
R7 Educação