Topo
pesquisar

A função dos pronomes oblíquos como complementação verbal

Gramática

PUBLICIDADE

Ao falarmos sobre pronomes, remetemo-nos à ideia de um termo que acompanha ou substitui o nome (substantivo), perceba:

Aquela obra é importantíssima para nossa pesquisa
Eu
vi os meninos ontem, encontrei-os saindo do shopping.

Notamos que o pronome “aquela” acompanha o substantivo “obra”, e que “os” substitui o termo “meninos”.

Dentre as subclassificações dos pronomes destacamos: demonstrativos, possessivos, de tratamento, adjetivos, substantivos, interrogativos, relativos, pessoais do caso reto e do caso oblíquo.

Em se tratando dos pronomes do caso oblíquo, estes dividem-se em átonos e tônicos.

Vejamos, pois, esses pronomes, tendo em vista a respectiva relação que estabelecem com os pessoais:

Eu – me, mim, comigo
Tu – te, ti, contigo
Ele – o, a, lhe, se, si, consigo
Nós – nos, conosco
Vós - vos, convosco
Eles - os, as, lhes, se, si, consigo


Para compreendermos melhor sobre o referido assunto, é essencial que façamos a diferença entre artigo e pronome oblíquo. Note:

A aluna é esforçada, pois a vi estudando na biblioteca.

Enfatizando o assunto sobre complementação verbal, analisemos o pronome oblíquo referente à segunda oração:

Esse, por sua vez, refere-se a alguém, ou seja, à menina. No caso, ele funciona como complemento do verbo “ver”.

E quando falamos em complementação verbal, referimo-nos a objeto direto e objeto indireto.

Desta forma, o pronome oblíquo “a” tem a função sintática de objeto direto.

Já nesta oração, analise:

Eu entreguei-lhe o convite de casamento.

Ora, quando entregamos algo, geralmente é para uma determinada pessoa. Por isso, caso fôssemos desdobrar a oração, ficaria:

Eu entreguei o convite de casamento para ele (ela).

Notadamente, há a presença da preposição, e por assim dizer, estamos diante de um objeto indireto.

Por Vânia Duarte
Graduada em Letras
Equipe Brasil Escola

Gramática - Brasil Escola

DEIXE SEU COMENTÁRIO
  • Bruno Almeida Gomes Cabraldomingo | 15/06/2014 10:35Hs
    Excelente.
  • jose sicleusexta-feira | 01/06/2012 09:02Hs
    GOSTEI.
  • neiva beraldosexta-feira | 13/04/2012 09:43Hs
    Obrigada pelas dicas, é muito importante saber que posso contar com elas, principalmente quem faz EAD como eu.
  • Ivan Duartequarta-feira | 08/02/2012 10:07Hs
    Acho que na última parte, o termo "lhe" está aplicado incorretamente, pois não é para "você = tu" e sim para ele. lhe=ele e não lhe=você Eu entreguei-lhe o convite de casamento. Eu entreguei o convite de casamento para você Bom, posso estar errado, se estiver, por favor, esclareça-me. Obrigado.
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Cursos Brasil Escola + DE 1000 OPÇÕES >> INVISTA EM SUA CARREIRA! <<
Conteúdos exclusivos de ciências para crianças.
NOÇÕES DA REFORMA ORTOGRÁFICA
12x R$ 6,66

sem juros

COMPRAR
Conteúdos exclusivos sobre redação
CURSO DE REDAÇÃO
12x R$ 10,83

sem juros

COMPRAR
CURSO DE HISTÓRIA
CURSO DE HISTÓRIA
12x R$ 10,83

sem juros

COMPRAR
Conteúdos exclusivos sobre o ENEM.
PREPARATÓRIO ENEM 2015
12x R$ 10,83

sem juros

COMPRAR
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
R7 Educação