Topo
pesquisar

Transportes

Geografia

Os transportes são considerados elementos estratégicos para o desenvolvimento das sociedades, o que torna fundamental a compreensão desse tema nos dias atuais.
PUBLICIDADE

Os transportes correspondem ao conjunto de materiais e instrumentos técnicos utilizados no deslocamento de pessoas e cargas de um lugar para o outro. No contexto do desenvolvimento dos países e das sociedades, os meios de transporte são uns dos principais elementos para garantir a infraestrutura, ou seja, o suporte material para que tal crescimento instrumentalize-se.

Quanto maior o crescimento econômico de um determinado país – o que equivale dizer que há uma maior presença de indústrias, atividades agrárias e comerciais –, maior a demanda e a pressão sobre os meios de transporte. Nesse caso, se esses meios não tiverem uma estrutura adequada para suportar essa carga, fatalmente o desenvolvimento desse país encontrará maiores desafios e dificilmente se concretizará. Por esse motivo, dizemos que os transportes, ao lado da comunicação, são um elemento estratégico para qualquer país ou governo.

O próprio sistema capitalista necessitou, ao longo da história, da evolução dos meios de transporte para desenvolver-se. Nos séculos XV e XVI, foram o desenvolvimento das técnicas de navegação e a produção das grandes caravelas que permitiram a expansão colonial europeia e a reprodução de seu sistema econômico para outras sociedades, dando início ao processo de mundialização do capitalismo que, hoje, chamamos por globalização.

Esse processo de globalização para evoluir e, ao final do século XX, consolidar-se no mundo precisou da transformação e aprimoramento do setor de transportes. E isso foi possível graças aos instrumentos técnicos dos diferentes tempos, a exemplo da Revolução Industrial e da implementação do trem a vapor e dos grandes navios, bem como da invenção do carro e sua popularização posterior. Mais tarde, a invenção e a difusão do transporte aéreo deram uma nova dimensão à forma como as pessoas, matérias-primas e mercadorias deslocam-se.

A Revolução Técnico-Científica-Informacional deu novos contornos à dinâmica dos transportes, permitindo a modernização dos meios já existentes e a criação de novas formas de deslocamento ao longo do espaço geográfico. Se, nos primeiros tempos, viagens em curtas distâncias levavam dias, atualmente os voos mais longos do mundo levam algumas horas (sem considerarmos as escalas e conexões) para efetuarem-se.

Portanto, entender o funcionamento e as características dos meios de transporte é entender também o próprio processo de evolução das sociedades, pois todo país precisa de um sistema de transporte eficiente e adequado às condições de seu território para desenvolver-se. Assim, quando vemos notícias de que o governo anuncia a construção, por exemplo, de uma grande rodovia, ferrovia ou hidrovia, entendemos que essa ação é fruto de uma necessidade latente de crescimento para gerar mais riquezas, empregos e investimentos.

Outra consideração necessária é a de que os diferentes sistemas de deslocamento articulam-se em redes, as redes de transportes, que costumam também ser chamadas de modais. Como toda rede, os transportes articulam-se por nós, que são pontos fixos, e linhas, que são os fluxos. Isso acontece com os transportes rodoviário, ferroviário, hidroviário, marítimo, aéreo, dutoviário e outros.

Desse modo, a eficiência desses modais, bem como a capacidade de interligação (o que chamamos de intermodalidade), é determinante para inferir a capacidade de um determinado país de desenvolver-se em um futuro a médio e longo prazo. É por isso que ouvimos costumeiramente muitas pessoas dizendo que os transportes formam o “gargalo” de crescimento de qualquer território do mundo.


Por Me. Rodolfo Alves Pena

artigos Transportes
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
R7 Educação