Topo
pesquisar

Reestruturação produtiva

Geografia

A reestruturação produtiva baseia-se nas transformações no meio de produção e nas transformações proporcionadas pela emergência do Estado Neoliberal.

Reestruturação produtiva refere-se aos sucessivos processos de transformação nas empresas e indústrias, caracterizados pela desregulamentação e flexibilização do trabalho, fruto da Acumulação Flexível e das novas tecnologias da Terceira Revolução Industrial.

A reestruturação produtiva emergiu a partir da década de 1970, em função da grande crise do capitalismo e da derrocada do paradigma fordismo/taylorismo em meio ao processo de produção e acumulação industrial.

Nesse contexto, emergiu, no plano econômico, a retomada do modelo liberal – ou neoliberal –, pautado na predominância máxima do setor privado e a mínima intervenção do Estado na economia. No plano administrativo, a implementação do Toyotismo como modo de produção passou a ser a nova tônica do desenvolvimento.

O trabalho especializado, marcado pela alienação da complexidade da linha fabril e pela repetição de uma mesma função pelo trabalhador, foi substituído pela flexibilização das funções: o empregado passava a ser deslocado em seu posto conforme as necessidades da empresa, chegando a realizar diversas tarefas ao mesmo tempo.

Além disso, a produção passou a se concentrar a partir da demanda do mercado, não mais existindo a acumulação de bens e produtos industrializados. Com isso, novas exigências emergiram, como a máxima eficiência e a maior velocidade possível no processo de fabricação.

Nesse contexto, a Reestrutura Produtiva elaborou-se a partir da confluência entre as concomitantes transformações na economia e na produção industrial. O chamado de Estado de bem-estar social, que pautava a indústria pela máxima produtividade e o comércio pelo máximo consumo, foi substituído pelo Estado neoliberal, que pregava a produção de acordo com a demanda e a demanda não necessariamente elevada, mas sempre superior à oferta. 

Por Rodolfo Alves Pena
Graduado em Geografia

DEIXE SEU COMENTÁRIO
  • Débora Rejane Pereira Ribeiro Françaterça-feira | 30/09/2014 00:40Hs
    Parabéns brilhante texto...Mostra bastante a realidade...
  • celsosexta-feira | 29/08/2014 21:25Hs
    trabalho
  • Ana maria Figueiredo Barbosasexta-feira | 17/01/2014 22:48Hs
    Texto enxuto. Excelente para explicar terminologia básica da economia de mercado neoliberal, de 1970,80, consolidada em 90 com Collor, FHC em diante. Individualismo exacerbado, com presença em todas os campos das relações humana e sociai. Sistema que poderá destruir o ser humano, porque seu poder de dominação ideológica, sem forças contrárias da maioria da humanidade para combatê-lo, poderá destruir, dentro de 50 anos, o planeta. É só observar os desequilíbrios ambientais provocados pela expansão desordenada do capita, etc., etc.,etc.
  • Rafaellasegunda-feira | 19/08/2013 20:45Hs
    Ótimo texto, informações muito úteis.
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Cursos Brasil Escola + DE 1000 OPÇÕES >> INVISTA EM SUA CARREIRA! <<
Conteúdos exclusivos da português infantil.
CURSO DE PORTUGUÊS INFANTIL
12x R$ 10,83

sem juros

COMPRAR
Conteúdos exclusivos sobre a reforma ortográfica.
NOÇÕES DA REFORMA ORTOGRÁFICA
12x R$ 6,66

sem juros

COMPRAR
Conteúdos exclusivos de inglês para crianças.
CURSO DE INGLÊS INFANTIL
12x R$ 6,66

sem juros

COMPRAR
Conteúdos exclusivos sobre o ENEM.
PREPARATÓRIO ENEM 2015
12x R$ 10,83

sem juros

COMPRAR
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
R7 Educação