Topo
pesquisar

Processos Morfogenéticos

Geografia

Processos morfogenéticos são responsáveis pela esculturação das formas do relevo, atuando principalmente com o movimento do regolito e escoamento superficial da água.
PUBLICIDADE

No processo exógeno de formação e esculturação das formas de relevo, além do intemperismo, há a força atuante também dos processos morfogenéticos. Eles representam a ação da dinâmica externa dos agentes de formação do relevo.

Os processos morfogenéticos são resultantes de dois fatores:

Movimentos do regolito: Em que há um deslocamento do material (solo ou rocha) em função da força da gravidade, sendo a água o vetor responsável por essa força. São conhecidos os processos de rastejamento (creep ou reptação) do solo, a solifluxão e fluxos de lama, deslizamentos/escorregamentos e os desmoronamentos.  

Na maioria dos casos, ele está ligado à quantidade de cobertura vegetal do solo. Os noticiários da TV, todo começo de ano, divulgam a ocorrência de diversos desmoronamentos, deslizamentos e etc., sendo responsáveis pela morte de inúmeras pessoas. Mas temos que lembrar o seguinte: morros e encostas não são lugares propícios à moradia, pois estão constantemente sujeitos a esses processos citados. O perigo aumenta mais ainda quando sua cobertura vegetal é retirada.

Exemplos de processos do movimento do regolito
Exemplos de processos do movimento do regolito

Escoamento superficial da água: nesse caso, há um deslocamento do material pela ação da água. Será a água o único agente erosivo do solo e seu transportador. Existem três modalidades de escoamento: o efeito splash (ou saltitação), que é a ação mecânica do impacto das gotas de chuva nas rochas e/ou solo; escoamento difuso das águas, também conhecido como erosão laminar, em que as águas escoam de forma dispersa, não formando filetes (enxurradas); e o escoamento concentrado, também conhecido como erosão linear, é quando a água escoa pelas irregularidades do terreno, formando diversos filetes.

Relevo modificado pelo efeito Splash, das gotas da água da chuva
Relevo modificado pelo efeito Splash, das gotas da água da chuva

A erosão linear pode provocar sérios danos ao solo, pois, dependendo de sua magnitude, ela pode atingir o lençol freático e ocasionar a chamada voçoroca.

A cobertura vegetal é também o principal agente de inibição a este tipo de processo morfogenético. Para ter uma ideia de sua importância, em uma floresta há uma perda média de 4kg de solo ao ano, enquanto que em uma área de pastagem essa perda é de 700 kg de solo.


Por Régis Rodrigues
Graduado em Geografia

DEIXE SEU COMENTÁRIO
  • Jerusa Cassal de Almeidasábado | 31/05/2014 23:40Hs
    muito bom!
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Cursos Brasil Escola + DE 1000 OPÇÕES >> INVISTA EM SUA CARREIRA! <<
Conteúdos exclusivos de ciências para crianças.
NOÇÕES DA REFORMA ORTOGRÁFICA
12x R$ 6,66

sem juros

COMPRAR
Conteúdos exclusivos sobre redação
CURSO DE REDAÇÃO
12x R$ 10,83

sem juros

COMPRAR
CURSO DE HISTÓRIA
CURSO DE HISTÓRIA
12x R$ 10,83

sem juros

COMPRAR
Conteúdos exclusivos sobre o ENEM.
PREPARATÓRIO ENEM 2015
12x R$ 10,83

sem juros

COMPRAR
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
R7 Educação