Topo
pesquisar

Reflexão e Refração do Som

Física

As ondas sonoras obedecem aos mesmos fenômenos gerais da propagação ondulatória. Em razão da sua natureza, o som não pode ser polarizado, mas sofre a ação dos outros fenômenos, tais como reflexão, refração, interferência, difração e efeito Doppler. O som é uma onda que se caracteriza como onda mecânica quanto à natureza e longitudinal quanto à sua propagação, e tem frequência compreendida entre 20 hertz e 20 000 hertz. Onda mecânica porque precisa de um meio para se propagar e longitudinal porque a direção de propagação se coincide com a direção de vibração. O sistema auditivo humano consegue captar somente ondas sonoras que têm frequência compreendida na faixa entre 20 e 20 000 Hz, no entanto, seres como os morcegos e os golfinhos têm capacidade auditiva maiores que a dos seres humanos, ou seja, o sistema auditivo deles capta as ondas sonoras que ultrapassam a frequência de 20 000 hertz, denominadas de ondas ultrassônicas.

Reflexão do Som

As ondas sonoras obedecem às mesmas leis da reflexão da ondulatória. A reflexão de uma onda sonora acontece quando ela encontra um obstáculo e retorna para o meio de origem de propagação. O acontecimento desse fenômeno pode dar origem a dois outros fenômenos que são chamados de eco e reverberação. O eco acontece quando o som refletido retorna após o som original ser extinto totalmente. Na reverberação o som que foi refletido chega ao ouvido antes da extinção do som original, dessa forma ocorre o reforço do som emitido.

Refração do Som

A refração do som também obedece às leis da refração da ondulatória. A refração em uma onda ocorre quando ela passa de um meio para outro com índice de refração diferente, ocorrendo, dessa forma, a variação da velocidade de propagação e a variação do comprimento de onda, mas nunca a variação da frequência, pois se trata de uma característica da fonte que está emitindo a onda.

Difração do Som

A difração é a propriedade que as ondas têm de contornar obstáculos e que depende do comprimento da onda que está se propagando. Através da razão entre o comprimento de onda e a largura do obstáculo podemos calcular o grau de difração de uma onda específica, matematicamente podemos escrever:

r = λ/d

Quanto maior for a razão, maior será a extensão da curva de difração. Esse é o fenômeno que explica o fato de podermos ouvir atrás da porta quando uma pessoa fala do outro lado dela, além de ser um acontecimento largamente aplicado nas montagens de sistemas de alto-falantes.

Por Marco Aurélio da Silva
Equipe Brasil Escola

Ondas - Física - Brasil Escola

DEIXE SEU COMENTÁRIO
  • Vívianquinta-feira | 09/10/2014 16:14Hs
    Eu gostaria de informar minha dúvida, são necessárias contas de velocidades nesses meios ondulatórios, a interação dessas informações seriam úteis. Obrigada. Vívian Gischewski
  • marciasegunda-feira | 28/04/2014 18:55Hs
    nao sei mas gostei de ler e saber mais
  • lucianasábado | 07/01/2012 16:46Hs
    Muito bom!!!
  • Maiconterça-feira | 06/09/2011 11:59Hs
    Muito bom !
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Cursos Brasil Escola + DE 1000 OPÇÕES >> INVISTA EM SUA CARREIRA! <<
Conteúdos exclusivos da português infantil.
CURSO DE PORTUGUÊS INFANTIL
12x R$ 10,83

sem juros

COMPRAR
Conteúdos exclusivos sobre a reforma ortográfica.
NOÇÕES DA REFORMA ORTOGRÁFICA
12x R$ 6,66

sem juros

COMPRAR
Conteúdos exclusivos de inglês para crianças.
CURSO DE INGLÊS INFANTIL
12x R$ 6,66

sem juros

COMPRAR
Conteúdos exclusivos sobre o ENEM.
PREPARATÓRIO ENEM 2015
12x R$ 10,83

sem juros

COMPRAR
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
R7 Educação