Topo
pesquisar

Lei da Gravitação Universal

Física

PUBLICIDADE

A fim de entender o movimento planetário, Isaac Newton, renomado físico inglês, se fundamentou no modelo heliocêntrico de Nicolau Copérnico para basear seus estudos.

Analisando então o movimento dos planetas, Newton apresentou uma explicação, na qual mostrava que esse movimento era baseado em uma atração entre os corpos, nesse caso, entre os planetas.

Segundo Newton:

• O Sol atrai os planetas;
• A Terra atrai a Lua;
• A Terra atrai todos os corpos que estão perto dela.

Depois de analisar esses fatos, Newton, numa tentativa de resumir esses conceitos, os chamou de força gravitacional. Ou seja, existe uma força que atrai todos os corpos, estejam eles no espaço ou na Terra.

Tais forças são grandezas vetoriais, porque possuem módulo, direção e sentido.
A representação matemática da lei da gravitação universal é:
 

Onde:
F = intensidade da força gravitacional
G = constante de gravitação universal, cujo valor é 6,67.10-11 Nm²/kg²
M e m = massa dos corpos analisados
d = distância

Através da equação apresentada por Isaac Newton, a fim de analisar as forças que atuam na Terra e em suas proximidades, devemos lembrar que em sua Terceira Lei, Newton fala sobre a ação e a reação. Baseados então nessa questão, vemos que a atração entre os corpos deve ser mútua para que haja equilíbrio entre eles, ou seja, a Terra atrai a Lua, mas, em contrapartida, a Lua também atrai a Terra, com mesma intensidade, mesma direção, porém com sentido contrário. O mesmo acontece com os demais corpos já citados.

Em resumo, pode-se definir que a força gravitacional é o resultado diretamente proporcional entre o produto de massas e inversamente proporcional ao quadrado da distância entre os centros de massa. Tal análise, é claro, deve ser feita para corpos que se atraiam gravitacionalmente.
 

Por Talita A. Anjos
Graduada em Física
Equipe Mundo Educação

Mecânica - Física - Brasil Escola

DEIXE SEU COMENTÁRIO
  • Rick Frodzsexta-feira | 26/06/2015 00:14Hs
    Gostaria de perguntar porque as leis de Newton são ensinadas com tanta verdade no ensino médio se Einsten provou em 1915 que não existe força gravitacional. A gravidade é o próprio espaço deformado. Não entendo porque ideias revogadas são lecionadas. Poderiam me explicar?
  • ronaldosegunda-feira | 30/03/2015 09:27Hs
    muito boa sua explicação, meus parabens legaala mssmm maneiro man não esquece serião, ta?
  • Emilydomingo | 02/11/2014 12:10Hs
    Texto excelente, apenas de não possui acúmulo de informações. É bem objetivo , sendo portanto, oque os vestibulandos necessitam : Praticidade .Parabéns!
  • Henrico Amalfisegunda-feira | 05/05/2014 14:16Hs
    Isso vai me ajudar para a PROVA do OBA :)))))) OBRIGADOOO
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Cursos Brasil Escola + DE 1000 OPÇÕES >> INVISTA EM SUA CARREIRA! <<
AULAS AO VIVO DO ENEM
AULAS AO VIVO DO ENEM
12x R$ 20,83

sem juros

COMPRAR
Motivação a Leitura e a Escrita
MOTIVAÇÃO A LEITURA E A ESCRITA
12x R$ 6,66

sem juros

COMPRAR
PORTUGUÊS PARA O ENEM
PORTUGUÊS PARA O ENEM
12x R$ 10,83

sem juros

COMPRAR
Conteúdos exclusivos sobre química
CURSO DE QUÍMICA
12x R$ 10,83

sem juros

COMPRAR
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
R7 Educação