Topo
pesquisar

Funcionamento do chuveiro elétrico

Física

Chuveiro é o nome dado a um aparelho de terminação de rede de água, cheio de pequenos orifícios por onde sai a água, permitindo que as pessoas possam se molhar. É um equipamento usado para banho e higiene pessoal e imprescindível em qualquer casa.

O chuveiro é de uma origem bem antiga. Pinturas e vasos retratam a existência dele na Grécia e Egito e sua utilização nas casas de banho. No Brasil ele foi desenvolvido na década de 1940.

O funcionamento desse aparelho ocorre de forma bem simples. O chuveiro é composto de dois resistores, que é um fio espiralado feito de metais que possibilitam um aquecimento rápido e prático, um de alta potência e outro de baixa potência de aquecimento, e um diafragma de borracha. Os resistores ficam fixados no interior do chuveiro. Para selecionar o tipo de banho que se deseja tomar, existe na sua parte exterior uma chave seletora que é capaz de mudar o tipo de resistência, aumentando ou diminuindo a potência do chuveiro e, consequentemente, a temperatura do banho.

A água ao circular pelo chuveiro pressiona o diafragma de borracha, este por sua vez aproxima os contatos da resistência aos contatos energizados, situados no cabeçote do aparelho. Assim, a água ao passar pelos terminais do resistor quente se aquece, tornando o banho bem quentinho e agradável.

Resistência elétrica é a capacidade de um corpo de se opor à passagem da energia elétrica. O cálculo do mesmo é feito a partir da Lei de Ohm e sua unidade no SI (Sistema Internacional de Unidades) é o ohm (Ω). 


Resistor

Os resistores são feitos de material condutor. Esses materiais, quando percorridos por uma corrente elétrica, se aquecem provocando um fenômeno denominado de efeito joule. Esse efeito deve-se aos milhões de choques dos elétrons contra os átomos do condutor. Em virtude desses choques, a energia cinética do sistema aumenta. O aumento dessa energia se manifesta através do aumento da temperatura do condutor, ou seja, aumento da temperatura da resistência.

Por Marco Aurélio da Silva
Equipe Brasil Escola

Eletricidade - Física - Brasil Escola

DEIXE SEU COMENTÁRIO
  • isabelequinta-feira | 22/05/2014 13:33Hs
    mt bom
  • camilaterça-feira | 07/05/2013 09:49Hs
    adorei,,,,!!
  • EVALDO CRUZ DE SOUZAquinta-feira | 14/03/2013 10:49Hs
    OTIMO TESTO QUE ME POSIBILITOU MINHA PESQUISA SOB O CHUVEIRO
  • Richarddomingo | 28/03/2010 16:41Hs
    Interessante texto! Eu, contudo, senti falta de algumas informações na área da física. Queria que ficasse exemplificado a dependência da potência em relação à resistência. Diminuindo a resistência (resistor mais curto), a potência aumenta ou diminui? Um poderia achar que, com menor resistência, a intensidade da corrente poderia aumentar. Outro diria, apenas pela fórmula, que a potência é diretamente proporcional à resistência. E agora?
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Cursos Brasil Escola + DE 1000 OPÇÕES >> INVISTA EM SUA CARREIRA! <<
Conteúdos exclusivos de literatura.
CURSO DE LITERATURA
12x R$ 10,83

sem juros

COMPRAR
Conteúdos exclusivos de física.
CURSO DE FÍSICA
12x R$ 10,83

sem juros

COMPRAR
Conteúdos exclusivos de matemática.
CURSO DE MATEMÁTICA
12x R$ 10,83

sem juros

COMPRAR
Conteúdos exclusivos de redação.
CURSO DE TÉCNICAS DE REDAÇÃO
12x R$ 6,66

sem juros

COMPRAR
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
R7 Educação