Topo
pesquisar

Exemplos de pares de força de ação e reação

Física

As forças de ação e reação são responsáveis pela aceleração em situações práticas, como, por exemplo, numa caminhada, na propulsão de foguetes, etc.
PUBLICIDADE

Vamos imaginar um jogador de tênis rebatendo uma bola. Está claro que, ao fazer a bola mudar de velocidade no instante do impacto, a raquete está exercendo uma força sobre ela. Mas a bola também exerce uma força sobre a raquete? A resposta é sim. Essa força possui a mesma intensidade da força que a raquete exerce sobre a bola.

De acordo com Isaac Newton, para cada ação (força) há uma reação (força) igual e contrária. Esse enunciado corresponde à Terceira lei de Newton, conhecida como Lei da Ação e Reação.

Situações de ação e reação são muito comuns em nosso cotidiano, ocorrem sempre que temos forças em ação e, portanto, em reação. Por exemplo, ao empurrarmos um carro, exercemos uma força sobre o carro e este exerce uma força sobre nós.

Vejamos, então, alguns exemplos de pares de força de ação-reação.

Note que a Terceira Lei de Newton se aplica a qualquer situação. Nesses exemplos só estaremos mostrando os pares de força de ação e reação. Não mostraremos outras forças que atuam sobre os objetos.

1Pedra na areia – a pedra exerce uma força sobre o chão, comprimindo-o, e este exerce uma força igual e contrária sobre a pedra, impedindo que ela seja acelerada para o centro da Terra.

Par ação-reação entre a pedra e a areia

2Pessoa caminhando – quando caminhamos, fazemos uma força sobre o solo que, por sua vez, faz uma força sobre nosso corpo, impulsionando-o para a frente e contrabalanceando a força peso.

Força que exercemos sobre o solo, que por sua vez exerce uma força sobre nossos pés, quando caminhamos

3Vaso pendurado no teto – o vaso faz uma força sobre o gancho preso no teto, igual à sua força peso. O gancho, por sua vez, faz uma força igual sobre a corrente do vaso, sustentando-o.

Vaso de planta pendurado no teto

4Martelo no prego – o martelo exerce uma força sobre o prego, fazendo com que este penetre na madeira. O prego, por sua vez, exerce uma força sobre o martelo.

Martelando o prego


Por Domiciano Marques
Graduado em Fìsica

DEIXE SEU COMENTÁRIO
  • gustavoterça-feira | 31/03/2015 19:21Hs
    otimo texto
  • Renato Pinheirodomingo | 26/05/2013 21:44Hs
    Mto bom conteúdo! bem explicativo e com exemplos do nosso cotidiano, fácil de ser entendido e compreendido!
  • deborasexta-feira | 25/05/2012 14:38Hs
    obrigado eu so tenho a agradecer eu achei otimos
  • Raphaelsexta-feira | 23/03/2012 10:38Hs
    Muito bom. Excelentes exemplos e texto muito bem explicativo.
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Cursos Brasil Escola + DE 1000 OPÇÕES >> INVISTA EM SUA CARREIRA! <<
AULAS AO VIVO DO ENEM
AULAS AO VIVO DO ENEM
12x R$ 20,83

sem juros

COMPRAR
Motivação a Leitura e a Escrita
MOTIVAÇÃO A LEITURA E A ESCRITA
12x R$ 6,66

sem juros

COMPRAR
PORTUGUÊS PARA O ENEM
PORTUGUÊS PARA O ENEM
12x R$ 10,83

sem juros

COMPRAR
Conteúdos exclusivos sobre química
CURSO DE QUÍMICA
12x R$ 10,83

sem juros

COMPRAR
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
R7 Educação