Topo
pesquisar

O Brasil no Voleibol

Educação Física

PUBLICIDADE

O Voleibol era um esporte de pouca valorização no Brasil até os anos 80, além de carregar a conotação de que se tratava de um esporte “para meninas”, enquanto o futebol seria a prática “dos meninos”. Observando-se os movimentos técnicos desse esporte, logo se conclui que eles pouco se aproximam de gestos femininos. Porém, essa marca do voleibol não surgiu aleatoriamente: ela nasceu como consequência de uma manifestação de pouco profissionalismo por parte dos professores de Educação Física: ao invés de estruturar uma aula e trabalhar de modo sério com seus alunos, ainda hoje é bastante comum que os professores deem uma bola de voleibol para as meninas e uma de futebol para os meninos. Esse fato não apenas reporta a disciplina a momentos em que a educação formal era dividida entre os sexos, mas também contribui para o preconceito em relação às atividades físicas.

No entanto, esse perfil teve considerável mudança quando, nos jogos Olímpicos de Los Angeles, em 1984, a seleção masculina de voleibol brasileira conquistou o segundo lugar na competição. O time, que tinha Bebeto de Freitas como técnico, era composto por: William, Xandó, Renan, Badalhoca, Montanaro, Bernardinho, Amauri e Bernard, jogador que criou o estilo de saque conhecido como “Jornada nas Estrelas”.

A medalha de prata permitiu ao voleibol uma visibilidade nunca antes vista no Brasil. Nesse momento, muitas pessoas, de ambos os sexos, se voltaram para a prática do voleibol, refletindo em muitas conquistas das seleções feminina e masculina.

As grandes conquistas internacionais da seleção feminina brasileira de voleibol são:

- Em Jogos Olímpicos: conquistou duas vezes o terceiro lugar, em Atlanta e em Sidney, respectivamente em 1996 e 2000. Já o primeiro lugar na competição ocorreu nos últimos Jogos, na cidade de Pequim, em 2008;

- Em Jogos Pan-Americanos: conquistou a primeira colocação três vezes, nos anos de 1959, 1963 e 1999. A medalha de prata foi conseguida em 1991 e 2007, e a de bronze em 1955 e 1979;

- Em Grand Prix: a seleção brasileira já comemora o hexacampeonato, conquistado em 1994, 1996, 1998, 2004, 2005 e 2006.
No que se refere à seleção masculina, é possível citar, enquanto conquistas:

- Em Jogos Olímpicos: foram duas medalhas de prata, disputadas em Los Angeles (1984) e em Pequim (2008), além de conseguir a primeira colocação na competição duas vezes, em 1996 em Barcelona, e em 2004, na cidade de Atenas;

- Em Jogos Pan-Americanos: em 1963, 1983 e em 2007, o primeiro lugar foi conquistado. A medalha de prata foi conseguida seis vezes, em 1959, 1967, 1975, 1979, 1991 e 1999. Já o bronze teve seu lugar em 1955, 1971, 1987 e 2003;

- Na Liga Mundial de Voleibol: o Brasil é o atual campeão da liga, somando nove vitórias no campeonato, ocorridas em 1993, 2001, 2003, 2004, 2005, 2006, 2007, 2009 e 2010. Além disso, conquistou o segundo lugar em 1995 e em 2002; e a terceira colocação em 1990, 1994, 1999 e 2000. Esse quadro mostra que nos últimos doze anos, a seleção brasileira de voleibol sempre esteve entre os três melhores times do mundo.

Atualmente fazem parte da seleção masculina de voleibol: o técnico Bernardo Rezende e os atletas Bruno, Dante, Eder, Giba, João Paulo, João Bravo, Leandro, Lucas, Mário, Marlon, Murilo, Rodrigão, Sidão, Theo e Thiago Alves.

São componentes da seleção feminina: o técnico José Roberto Guimarães e as atletas Adenizia, Camila Brait, Carol Gattaz, Dani Lins, Fabi, Fabiana, Fernanda, Jaqueline, Fabíola, Joycinha, Mari, Natália, Paula, Sheila, Thaisa e Sassa.

Para saber mais:
Confederação Brasileira de Voleibol – www.cbv.com.br

Por Paula Rondinelli
Colaboradora Brasil Escola
Graduada em Educação Física pela Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” – UNESP
Mestre em Ciências da Motricidade pela Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” – UNESP
Doutoranda em Integração da América Latina pela Universidade de São Paulo - USP

 

Esportes - Educação Física - Brasil Escola

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

RONDINELLI, Paula. "O Brasil no Voleibol"; Brasil Escola. Disponível em <http://www.brasilescola.com/educacao-fisica/o-brasil-no-voleibol.htm>. Acesso em 30 de agosto de 2015.

DEIXE SEU COMENTÁRIO
  • Davi Dapolucena do Nascimentoquarta-feira | 27/08/2014 16:45Hs
    Perfeito vou tirar 10 em ed fisica
  • Lidia quarta-feira | 23/04/2014 09:45Hs
    Bem elaborado o texto, contém informações concretas que me ajudaram muito a elaborar um texto sobre o voleibol. Parabéns.
  • aliceterça-feira | 17/12/2013 18:40Hs
    nossa tenho que escrever a maioria no meu trabalho
  • kawaneterça-feira | 19/11/2013 20:53Hs
    muito intelectual e muitas informações
Voleibol - O resultado da mescla do tênis com o basquete
Educação Física Voleibol
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Cursos Brasil Escola + DE 1000 OPÇÕES >> INVISTA EM SUA CARREIRA! <<
AULAS AO VIVO DO ENEM
AULAS AO VIVO DO ENEM
12x R$ 20,83

sem juros

COMPRAR
Motivação a Leitura e a Escrita
MOTIVAÇÃO A LEITURA E A ESCRITA
12x R$ 6,66

sem juros

COMPRAR
PORTUGUÊS PARA O ENEM
PORTUGUÊS PARA O ENEM
12x R$ 10,83

sem juros

COMPRAR
Conteúdos exclusivos sobre química
CURSO DE QUÍMICA
12x R$ 10,83

sem juros

COMPRAR
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
R7 Educação