Topo
pesquisar

Energia eólica no Ceará

Geografia do Brasil

A produção de energia eólica no Ceará destaca-se em todo o país, o que torna esse estado o maior produtor nacional desse tipo de energia limpa.

A produção de energia elétrica é de fundamental importância para a realização das atividades humanas e, principalmente, industriais. Atualmente, as fontes energéticas mais utilizadas são as de origem fóssil: carvão mineral, petróleo e gás natural. O agravante é que além de intensificarem os problemas ambientais, essas fontes de energia irão se exaurir da natureza.

Visando minimizar os transtornos ambientais, vários países têm investido em energias alternativas, como por exemplo, a solar, eólica, energia das ondas e a geotérmica (calor interno da Terra). Essas fontes não poluem a natureza e são renováveis, ou seja, jamais se esgotarão.

A energia eólica é considerada a fonte energética mais limpa do planeta, sendo obtida através do movimento de massas de ar (vento) que é captado por hélices ligadas a geradores. No Brasil, o estado do Ceará se destaca por ser o maior produtor nacional desse tipo de energia.

No Ceará, houve um investimento de cerca de 1,5 bilhão de reais na construção de 250 torres para a produção de energia eólica, que estão distribuídas em 14 Parques. A produção elétrica é de 500 MW, suficiente para suprir as necessidades de uma cidade habitada por 2,5 milhões de pessoas.

Em agosto de 2008, a Petrobras inaugurou o Parque Eólico de Parajuru, compreendendo uma área de 325 hectares e operando com 19 aerogeradores. Posteriormente, o estado, devido ao seu grande potencial para produção desse tipo de energia, continuou investindo na construção de novos parques.

O Parque Eólico Bons Ventos, localizado no litoral, é o principal responsável pela produção de energia eólica no Ceará. Para a sua estruturação – instalação de 75 aerogeradores – foi realizado um investimento de 800 milhões de reais, e, nos próximos anos, outras torres devem ser instaladas no local, que possui grande potencial energético.

Além da energia eólica, o Ceará também desenvolve projetos para a produção elétrica através do aproveitamento das ondas do mar (energia das ondas) e do sol (energia solar). Estima-se que em 2011 o estado tenha a segunda maior usina do mundo de energia solar, ocupando uma área de 220 hectares, cuja produção será suficiente para abastecer 5 mil residências.
 

Por Wagner de Cerqueira e Francisco
Graduado em Geografia
Equipe Brasil Escola

Ceará - Região Nordeste - Geografia do Brasil - Brasil Escola

DEIXE SEU COMENTÁRIO
  • viniciussexta-feira | 10/10/2014 20:34Hs
    Muito bom!
  • jose euricelio torres moreirasábado | 19/11/2011 18:36Hs
    eu achei ótimo. pois o meu sonho é trabalhar com todos vocês, eu trabalhei 18 anos em uma única empresa .pois estou desempregado e sou formado em técnico de mecânico. mim ajude pois se vocês pretendem mim contratar entre em contato eu estou aguardando.(085)85250122.(085)81326866.(085)87495634.(085)81392546.moro em fortaleza mais posso viajar para outros lugares
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Cursos Brasil Escola + DE 1000 OPÇÕES >> INVISTA EM SUA CARREIRA! <<
Conteúdos exclusivos da português infantil.
CURSO DE PORTUGUÊS INFANTIL
12x R$ 10,83

sem juros

COMPRAR
Conteúdos exclusivos sobre a reforma ortográfica.
NOÇÕES DA REFORMA ORTOGRÁFICA
12x R$ 6,66

sem juros

COMPRAR
Conteúdos exclusivos de inglês para crianças.
CURSO DE INGLÊS INFANTIL
12x R$ 6,66

sem juros

COMPRAR
Conteúdos exclusivos sobre o ENEM.
PREPARATÓRIO ENEM 2015
12x R$ 10,83

sem juros

COMPRAR
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
R7 Educação