Topo
pesquisar

A espécie Homo sapiens

Biologia

Reino – Animalia
Filo – Chordata
Subfilo – Vertebrata
Classe – Mammalia
Ordem – Primata
Subordem – Antropoidea
Superfamília – Hominoidea
Família – Hominidea
Gênero – Homo
Espécie – Homo sapiens
Subespécie - Homo sapiens sapiens

A partir da descoberta de fósseis como o Homo sapiens de Steinheim e o Homo sapiens Rodesiano, cujos cérebros possuíam 83% do volume do cérebro atual; podemos estimar que os primeiros Homo sapiens surgiram há mais de 300.000 anos. Esses arquétipos (padrões) eram caçadores hábeis, cozinhavam carne, usavam roupas de pele de animais e construíam lanças e cabanas.

O fóssil mais representativo e estudado de Homo sapiens foi o Homem de Neanderthal, encontrado na Alemanha. Sua provável existência certamente compreendeu o período entre 70.000 e 40.000 anos atrás, habitando a Europa e a Ásia.

Através da indicação do indício fóssil, esse organismo revelou ser de baixa estatura e musculoso, com um cérebro praticamente do mesmo tamanho que o nosso, com região cerebral correspondente à fala bem desenvolvida.

Os Neanderthais demonstravam habilidades na fabricação de instrumentos de pedras, utilizados para furar peles e confeccionar roupas e também produziam lanças de madeira usadas para abater animais de grande porte.

Esse grupo é classificado pela maioria dos antropólogos como uma subespécie do Homo sapiens (Homo sapiens neanderthalensis). Contudo há quem considere que essa subespécie não é o ancestral direto do homem moderno, mas uma subespécie que se extinguiu há cerca de 40 mil anos, certamente em razão de eventos de competição com o homem atual (Homo sapiens sapiens), surgido por volta de 90 mil anos, a partir do Homo erectus.

Contudo, até o momento, o exemplar mais notório da subespécie Homo sapiens sapiens foi o Homo de Cro-Magnon, de alta estatura, desenvolveu ferramentas detalhadas (faca, lança, arco e flecha, etc.), e demonstração de aptidões artísticas, inscrevendo algumas cenas de caça, evidenciadas por meio de pinturas rupestres preservadas em paredes de cavernas.

Um importante marco na evolução do homem ocorreu com a passagem da situação de caçador para agricultor, causando o surgimento das primeiras civilizações. A partir de então, há 12 mil anos, a evolução cultural se encarregou de promover uma acelerada transformação.

Por Krukemberghe Fonseca
Graduado em Biologia

DEIXE SEU COMENTÁRIO
  • giannypazquarta-feira | 25/03/2015 20:55Hs
    adorei bem explicado parabens
  • sabrinasábado | 07/03/2015 09:56Hs
    Em texto e muito bom
  • Renatosábado | 28/02/2015 09:33Hs
    Falando do ponto de vista da mente criadora o macaco não tem nem 1% de semelhança com o homem. Com os recursos científicos e a tecnologia , os pesquisadores puderam ver e obedecendo a lei das proporções contínuas, que: o macaco atual no nível em que está em relação ao homem, visto que o corpo cresce numa mesma proporção, orelhas, olhos, braços, pernas etc. o macaco deveria ter desenvolvido também criatividade pelo menos para criar sua própria agricultura e lavoura diferenciada, no mínimo pés de bananeiras visto que gostam muito e precisa se alimentar;
  • Josue Antonioquarta-feira | 25/02/2015 20:25Hs
    Muito legal ficar informado pelo R7
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Cursos Brasil Escola + DE 1000 OPÇÕES >> INVISTA EM SUA CARREIRA! <<
Conteúdos exclusivos de literatura.
CURSO DE LITERATURA
12x R$ 10,83

sem juros

COMPRAR
Conteúdos exclusivos de física.
CURSO DE FÍSICA
12x R$ 10,83

sem juros

COMPRAR
Conteúdos exclusivos de matemática.
CURSO DE MATEMÁTICA
12x R$ 10,83

sem juros

COMPRAR
Conteúdos exclusivos de redação.
CURSO DE TÉCNICAS DE REDAÇÃO
12x R$ 6,66

sem juros

COMPRAR
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
R7 Educação