Topo
pesquisar

Fernando II de Aragão e V de Castela

Biografia

PUBLICIDADE

Rei de Castela e Aragão nascido na localidade aragonesa de Sos, conhecido como o Católico e casado com Isabel I, a Católica, que unificou os reinos espanhóis de Castela e Aragão e deu início à expansão imperial da nação hispânica. Filho de João II de Aragão e de Joana Enríquez, foi nomeado herdeiro do trono (1461) e foi designado rei da Sicília (1468). Casou-se com a princesa Isabel (1469), proclamada rainha de Castela com a morte de Henrique IV (1474), e com quem teve os filhos Isabel, João, Joana, Catarina e Maria. Assumiu o trono com a morte do pai (1479), após uma prolongada guerra civil (1474-1479) no reino de Castela, instituindo assim a união dinástica de Aragão e Castela, base institucional da Espanha moderna.

Um ano antes ficara estabelecida a Santa Inquisição(1478), em Sevilha, tribunal eclesiástico independente para a erradicação da heresia e favorecer a expulsão dos judeus e mouros da região, de grande interesse da Igreja de Roma. Durante os primeiros anos de reinado, lutou por afirmar sua autoridade em Castela, ao lado da esposa, e para transformar politicamente o reino por meio da implantação de novas instituições. O poder real fortaleceu-se frente à nobreza, criou-se a Santa Irmandade para garantir a ordem, reorganizou o Exército e unificou a legislação dos dois reinados. Após uma luta de dez anos (1482-1492) venceu o o reino de Granada e expulsou os mouros. Finalmente tinha expulsado os mouros e os judeus (1492) da Espanha, resultado extremamente estratégico para o fortalecimento da coroa por meio do apoio da Igreja Católica.

Com a área sob controle, o casal real permitiu-se patrocinar as viagens de Cristóvão Colombo (1492) e receber o título de reis católicos (1496) do papa Alexandre VI, depois que as tropas espanholas, sob o comando do Gran Capitán Gonçalo Fernández de Córdoba, invadiram a Itália a chamado do papa e expulsaram os francesas, mesmo ano em que também conquistaram as ilhas Canárias. Com a morte de Isabel I (1504), o trono de Castela passou a sua filha Joana, a Louca. O rei viúvo casou-se com Germana de Foix (1505), sobrinha do rei da França. Conquistou o reinado de Navarra (1512), anexado-o à coroa (1515), completando a unidade espanhola. Assim foi rei de Aragão (1479-1516), rei de Castela e Lião (1474–1504), rei da Sicília (1468-1516) e rei de Nápoles (1504-1516) e foi sucedido após sua morte, em Madrigalejo, Cáceres, por seu neto Carlos, o futuro imperador Carlos V.

Fonte: http://www.dec.ufcg.edu.br/biografias/

Ordem F - Biografia - Brasil Escola

DEIXE SEU COMENTÁRIO
  • Cindysegunda-feira | 14/12/2009 11:05Hs
    Gostei, está completo. Ajudou-me bastante.
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Cursos Brasil Escola + DE 1000 OPÇÕES >> INVISTA EM SUA CARREIRA! <<
AULAS AO VIVO DO ENEM
AULAS AO VIVO DO ENEM
12x R$ 20,83

sem juros

COMPRAR
Motivação a Leitura e a Escrita
MOTIVAÇÃO A LEITURA E A ESCRITA
12x R$ 6,66

sem juros

COMPRAR
PORTUGUÊS PARA O ENEM
PORTUGUÊS PARA O ENEM
12x R$ 10,83

sem juros

COMPRAR
Conteúdos exclusivos sobre química
CURSO DE QUÍMICA
12x R$ 10,83

sem juros

COMPRAR
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
R7 Educação